Setor cultural também pode recorrer a crédito emergencial para empreendedores

Pacote emergencial anunciado pelo governo estadual abrange o segmento da economia criativa, impactado pela pandemia.

Empreendedores do setor cultural também podem se beneficiar do pacote emergencial anunciado na semana passada pelo governo estadual. A informação em Rio Claro está sendo ampliada pela Secretaria Municipal de Cultura, que se coloca à disposição para eventuais esclarecimentos aos interessados no assunto.

“Conforme divulgado pelo governo estadual, os empreendedores podem solicitar as linhas de crédito de forma online pelo site www.bancodopovo.sp.gov.br e da Desenvolve SP:www.desenvolvesp.com.br. Se houver dúvida, estamos à disposição no telefone 3522-8000”, afirma o secretário municipal da Cultura, Professor Dalberto.

Entre as novas medidas anunciadas estão a liberação de R$ 125 milhões pelo Banco do Povo e pelo DesenvolveSP, a suspensão de protesto de débitos da dívida ativa e a manutenção de serviços de gás e água.

A estimativa divulgada pela secretaria estadual da Cultura é de que a pandemia de coronavírus deve causar uma perda de R$ 34,5 bilhões para o setor cultural e criativo de São Paulo, impactando cerca de 500 mil postos de trabalho.

Pacote emergencial

No pacote para empreendedores com CNPJ, a taxa de juros é de 0,35% ao mês, o limite de crédito é de até R$ 21 mil e o prazo para pagamento de até 24 meses, com carência de até 60 dias para capital de giro. Já para o investimento fixo e misto, o prazo para pagamento é de até 36 meses com até 90 dias de carência. Para solicitar os financiamentos, o empresário também deverá realizar um curso de qualificação empreendedora (disponível tanto online quanto presencial, por meio do Sebrae-SP) e não ter restrições creditícias. Não é necessário apresentar avalista.

https://imprensa.rioclaro.sp.gov.br/?p=61513

admin

Voltar ao topo